Contra reforma, Paim protocola pedido de CPI da Previdência

Contra reforma, Paim protocola pedido de CPI da Previdência

“Vamos fazer o debate em todos os estados”, afirmou o senador, que contesta os motivos do governo e diz que o sistema é superavitário
PauloPaim.jpgPaulo Paim (PT-RS) contesta argumento de Temer para justificar reforma da Previdência

São Paulo – O senador Paulo Paim (PT-RS) protocolou na tarde de hoje (21) na Secretaria-Geral da Casa um pedido de abertura de CPI (comissão parlamentar de inquérito) para apurar desvios na Previdência Social. O pedido teve assinaturas de 47 dos 81 senadores, bem acima do mínimo exigido (27).

O parlamentar é contrário à proposta de reforma da Previdência feita pelo governo e em discussão, neste momento, em comissão especial da Câmara. Para Paim, a CPI deverá comprovar que o sistema é superavitário, contestando, dessa forma, argumento do governo para justificar a reforma. “Vamos fazer o debate em todos os estados, para que a população saiba quem está assaltando os cofres da nossa seguridade.”

Em vídeo postado na sua conta no Facebook, o senador disse que o objetivo é saber “quem é quem” “Quem rouba, quem são os corruptos, onde estão os 500 maiores devedores, quem de forma indevida desloca para outros fins o dinheiro da Previdência”, diz Paim.

Com base, segundo ele, em dados de procuradores da Fazenda e auditores-fiscais, o parlamentar afirmou que é possível arrecadar R$ 500 bilhões a mais por ano. “Vocês sabiam que, em quatro anos, teve gente que descontou do trabalhador mais de R$ 100 bilhões e não passou para a Previdência?”

por Redação RBA

Comentários

%d blogueiros gostam disto: