Agora que Gilmar descobriu os trambiques

Agora que Gilmar descobriu os trambiques

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, cobrou nesta sexta-feira (24) a investigação do vazamento de depoimentos que estavam sob sigilo na ação que pede a cassação da chapa que elegeu Dilma Rousseff e Michel Temer em 2014.

“Isso fala mal das instituições”, disse. “É como se o Brasil fosse um país de trambiques”, afirmou. “Assim como não podemos praticar vazamentos aqui [no TSE], ninguém pode fazê-lo”, disse Gilmar.

Nesta quinta-feira (23), o site “O Antagonista” publicou trechos do depoimento ao TSE de Marcelo Odebrecht, ex-presidente da empreiteira baiana. Diversos jornais também tiveram acesso ao teor deste e de outros depoimentos e divulgaram seus conteúdos. No depoimento, o executivo revelou detalhes do pagamento de caixa dois na campanha de 2014.

Do UOL:

Comentários

%d blogueiros gostam disto: