Em meio à crise hídrica, escola de Ceilândia construi sistema da captação de chuva

Em meio à crise hídrica, escola de Ceilândia construi sistema da captação de chuva

O Centro Educacional 7 de Ceilândia ganhou destaque entre as escolas do Distrito Federal ao construir um sistema de captação de água da chuva. Em meio a crise hídrica que atinge o DF, a escola consegue coletar e armazenar – em três reservatórios – cerca de 20 mil litros de água, segundo informações do próprio GDF.

A iniciativa começou em 2015, quando um ex-aluno idealizou o projeto. Porém, somente em setembro do ano passado a construção do sistema de captação foi concluída. De acordo com o governo, a realização da ideia só foi possível porque contou com a participação dos os estudantes do curso de engenharia civil da Universidade Católica de Brasília.

Para construir o sistema foram gastos, segundo o governo, R$ 9 mil – financiados pela própria escola através de recursos do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf).

“Os universitários participaram com toda a concepção do projeto e mão de obra. Houve ainda outros gastos, por exemplo, com serviços mais especializados que não podiam ser feitos pelo grupo e o frete do material”, informa o GDF.

Com a água captada, a escola consegue irrigar a horta escolar e limpar a unidade, que tem 76 mil metros quadrados e recebe mais de 2 mil alunos.

A iniciativa, segundo o GDF, deve ser estendida a outras escolas públicas.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: