Por que tanto ódio, Andrea Neves? Ora, pergunte a seu irmão.

Por que tanto ódio, Andrea Neves? Ora, pergunte a seu irmão.

Andrea Neves, irmã do senador e presidente do PSDB,  gravou, às lágrimas, um vídeo (assista ao final do post) para o Youtube, dizendo  que são mentiras a denúncias veiculadas pela revista Veja, de que a construtora Odebrecht fez construtora fez depósitos para Aécio, numa conta de Nova York controlada por ela, segundo a delação de um dos dirigentes da empresa.

Nele, Andrea se pergunta “por que tanto ódio” em relação a ela e ao irmão.

Não posso, obvio, explicar se houve o depósito de milhões no exterior.

Mas talvez ela possa pedir explicações para seu próprio irmão, que inaugurou este clima na disputa, ao não se conformar com a derrota e disse que tinha perdido  a disputa eleitoral para “uma organização criminosa”, logo após as urnas falarem.

Pode perguntar-lhe porque despejou, na TV e nas redes sociais tantas acusações e xingamentos a Dilma e ao ex-presidente.

Quem sabe indagar dele porque sorria e cochichava com Sérgio Moro.

Talvez obtivesse algumas pistas sobre quem inaugurou este clima de desequilíbrio e denuncismo que, agora, a atinge em cheio.

Assim poderia nos livrar a todos do constrangimento de ter de assisti-la chorar dizendo querer falar olhando nos olhos da sua mãe e de sua filha, o que pode fazer, é óbvio, sem usar o Youtube.

Só isso já demonstra que, embora preservando a sua presunção de inocência até que se prove o contrário (quem pratica isso quando as delações visam a esquerda) há escassa sinceridade na fala da irmã de Aécio.

Por isso, foi mais um tiro pela culatra. Quem usou a mídia para gritar e xingar não tem autoridade moral para reclamar.

POR

Comentários

%d blogueiros gostam disto: