Odebrecht diz que Lula nunca pediu dinheiro, não gostava dele, mas que pagou mesmo assim, e não tem provas do pagamento

Odebrecht diz que Lula nunca pediu dinheiro, não gostava dele, mas que pagou mesmo assim, e não tem provas do pagamento

‘Lula nunca gostou de mim’, disse Marcelo Odebrecht em entrevista

Odebrecht afirmou que Lula nunca o pediu dinheiro, e tal como em relação a Dilma Rousseff, o executivo não recebeu nenhum pedido de recursos de Lula e disse ter certeza apenas por episódios em que “ficou evidente para mim” esse destino.

“As duas únicas comprovações que eu teria de que Lula de certo modo tinha um conhecimento dessa provisão foi quando veio o pedido para compra do terreno do Instituto IL, que eu não consigo me lembrar se foi via Paulo Okamotto ou via Bumlai. Com certeza foi um dos dois e depois eu falei com os dois. Deixei bem claro que se fosse comprar o terreno sairia do valor provisionado. A gente comprou o terreno, saiu do provisionado e depois o terreno acabou… A gente vendeu o terreno e voltou a creditar.”

Ou seja, a única vez em que ficou “evidente” para Marcelo que o destino da propina era para Lula foi na compra de um terreno que não foi sequer entregue ao Instituto Lula e foi revendido pela própria Odebrecht antes. O pior: não há prova alguma de que Lula pediu o terreno para si, ele apenas diz que foi e o fato material (venda do terreno) vai de desencontro a essa informação.

O pior, em 2016, indagado a respeito de suas relações com o ex-presidente Lula, respondeu: “O Lula nunca gostou de mim”. Agora, em 2017, diz que repassou 13 milhões em espécie a interlocutores do presidente. Quem pegou essas malas de dinheiro? Onde estocou? Como foi transportado? O que Lula, que mora na mesma casa desde os anos 80, fez com isso tudo? Por que Lula não tem carros, casas, iates, como tem Aécio Neves e FHC, por exemplo?

O depoimento de Odebrecht só prova a inocência de Lula

Fonte: Plantão Brasil

Comentários

%d blogueiros gostam disto: