Temer diz que não teve nada a ver com impeachment de Dilma: Foi o Cunha, por causa dos votos do PT no Conselho de Ética

Temer diz que não teve nada a ver com impeachment de Dilma: Foi o Cunha, por causa dos votos do PT no Conselho de Ética

Em entrevista à TV Bandeirantes, o usurpador Michel Temer disse que não teve nada a ver com o impeachment de Dilma Rousseff.

Segundo ele, a decisão foi tomada exclusivamente pelo então presidente da Câmara, Eduardo Cunha, por conta dos votos decisivos de três petistas contra ele no Conselho de Ética: Zé Geraldo, Leo de Brito e Valmir Prascidelli.

Pelo que diz Temer, um presidiário derrubou uma presidente da República cujo “crime” foram as “pedaladas fiscais” — contando, obviamente, com o apoio dos impolutos Aécio Neves, Antonio Anastasia, José Serra e muitos outros integrantes da nossa Galeria dos Hipócritas!

 

Comentários

%d blogueiros gostam disto: