Editorial Jeová Rodrigues

Contrariando o que disseram alguns analistas políticos da mídia golpista de que Lula mesmo condenado no dia 24 teria condições de ser candidato nas eleições vindouras, o ministro Gilmar Mendes do Superior Tribunal Eleitoral, tem uma opinião completamente diferenciada.

O ministro deixou bem claro que em uma suposta condenação do ex-presidente através do TRF 4, Lula se enquadra na lei da Ficha Limpa e ficaria fora do pleito de outubro próximo.

Mendes informou através de uma conversa com jornalistas estrangeiros e com alguns correspondentes brasileiros.

Essa declaração do ministro teria revoltado os lulistas ainda mais, que estão prontos para reagir, pois afirmam que Lula é inocente e que que está mais do que claro que esse julgamento é político e que o remédio seria uma luta de vida ou morte nas ruas de Porto Alegre e do Brasil, o mais rapidamente possível.

Portal Click Política

Compartilhe com seus amigos:
Categoria corrupção, Denucias, JUSTIÇA, Lava a jato, PERSEGUIÇÃO.