Editorial Jeová Rodrigues

Criado pelo PT de Pernambuco, bloco em defesa de Lula e da democracia percorre as ruas da cidade símbolo da folia no estado

“Nossa troça tá na rua, Vem pra fazer a festa popular, É a Troça do Sapo Barbudo, Que o Moro vai ter que engolir. Queremos justiça sem perseguição, A soberania da nossa nação. Em respeito à democracia, Pelo direito do trabalhador, Queiram ou não queiram os juízes, O Sapo Barbudo vai participar da eleição.

Os versos são da troça do Sapo Barbudo, que fez sucesso em Olinda na tarde de ontem (13), dia nacional de mobilização em defesa da democracia e do direito do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser candidato à Presidência da República na eleição deste ano.

“Sapo barbudo” é uma expressão criada por Leonel Brizola (1922-2004) durante a disputa das eleições de 1989, em que ele e Lula eram candidatos.

Segundo a organização, a troça carnavalesca é uma maneira irreverente de disputar a narrativa da mídia comercial nas distorções e manipulações ao abordar o processo conduzido pelo juiz federal de primeira instância Sérgio Moro, que condenou Lula sem provas pelo suposto envolvimento em irregularidades na suposta compra do apartamento triplex no Guarujá (SP).

Animado, o bloco criado por integrantes do PT de Pernambuco percorreu as ruas da cidade símbolo do carnaval e fez sucesso também nas redes sociais.

Assista trecho do desfile clicando aqui.

por Redação RBA

Compartilhe com seus amigos:
Categoria Denucias, JUSTIÇA, Lava a jato, PERSEGUIÇÃO, Politica.