Editorial Jeová Rodrigues
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, líder sindical nos anos 1980
Jornal GGN – Dono da Esalq, da Friboi, de um iate de alumínio a remo, dois pedalinhos, um triplex que nunca usufruiu e que está em nome da dona do prédio, um terreno que seria o instituto mas que nunca foi do instituto, fez tráfico de influência sem ter provas e nem benefícios, ter recebido por palestras que foram efetivamente feitas mas que alguém tem convicção que não. Pode escolher. A lista não é pequena e a vontade de imputar ao ex-presidente Lula qualquer coisa não nasceu com a Lava Jato. O site Lula.com traz uma lista com os principais boatos que não se tornaram fatos nos últimos 30 anos. Acompanhe a saga.

Mentiras sobre Lula tiveram início há mais de 30 anos; veja as principais

Não é de hoje que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua família são vítimas de mentiras e boatos infundados. Não raramente, tais mentiras são repetidas e fomentadas por setores da imprensa, partidos políticos e até funcionários públicos, como promotores e delegados.

Sempre buscando atingir a imagem do ex-presidente, as mentiras costumavam ganhar mais força em períodos eleitorais, sempre com o objetivo de prejudicar o desempenho de Lula nas urnas. Via de regra, a estratégia resulta em fracasso, mas já houve casos em que o golpe baixo atingiu seus objetivos

De envolvimento com sequestros a propriedade inventada de grandes imóveis, no Brasil ou no exterior. De tráfico de influência a estratagemas para obter favorecimentos jurídicos. Leia, abaixo, a lista de mentiras já inventadas contra Lula, todas devidamente desmentidas com provas ao longo dos tempos.

– “Lula é dono de mansão no Morumbi”

Remonta ao início dos anos 1980 a primeira boataria de grandes proporções de que foi vítima o ex-presidente Lula. À época, ele recém fundara o PT, então um partido de proporções bem mais modestas do que hoje, com poucos mandatos eletivos conquistados.

Era o tempo em que pessoal que panfletava nas portas de fábricas em favor do PT ouvia rumores de que Lula tinha uma enorme mansão no Morumbi, e eram todos do partido uns tolos por acreditar no ex-sindicalista e no partido que fundara.

A boataria só teve fim anos depois, quando a realidade se impôs. Lula jamais deixou de morar em São Bernardo do Campo, desde que para lá se mudou, há cerca de 30 anos. Órgãos de fiscalização e controle, como Receita Federal e Ministério Público, jamais sequer aventaram a hipótese de Lula ser dono de uma mansão no Morumbi.

(…)

Compartilhe com seus amigos:
Categoria CEILÂNDIA, JUSTIÇA, Lava a jato, PERSEGUIÇÃO.