Editorial Jeová Rodrigues

Presidente da CUT, Vagner Freitas, comenta o pedido do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) de aumentar a segurança no dia 24, quando o recurso do ex-presidente Lula será julgado em Porto Alegre, e afirma que “violentos são os que deram o golpe, quebraram a ordem constitucional, rasgaram a Constituição e querem uma sociedade excludente”.

Em reunião com a presidente do STF, Cármen Lúcia, segunda segunda-feira 15 em Brasília, o presidente do TRF4, ministro Thompson Flores, disse que os desembargadores estão sendo ameaçados, mas não deu detalhes.

247

Compartilhe com seus amigos:
Categoria Denucias, JUSTIÇA, Lava a jato, PERSEGUIÇÃO, Politica.