Editorial Jeová Rodrigues

Um mandado de prisão falso contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva circula pelas redes sociais e aplicativos de mensagens nesta sexta-feira (26). O documento não consta nos autos da ação penal contra o ex-presidente e foi desmentido pela assessoria de imprensa da 13ª Vara Federal de Curitiba.

O documento traz um mandado de prisão ‘preventiva’; cita o artigo 90 da Lei nº 8.666/1993, que trata de “frustrar ou fraudar, mediante ajuste, combinação ou qualquer outro expediente, o caráter competitivo do procedimento licitatório, com o intuito de obter, para si ou para outrem, vantagem decorrente da adjudicação do objeto da licitação”, crime que não está entre as acusações que Lula responde ou que já foi condenado; e conta com uma assinatura manual do magistrado, o que não ocorre no sistema eletrônico da Justiça Federal.

“A Seção de Comunicação Social da Justiça Federal do Paraná esclarece que o mandado de prisão em desfavor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que circula nas redes sociais e aplicativos de mensagem instantânea, não é verdadeiro”, diz a nota.

328382af-f5e0-460f-be9f-dd1b9cde51cf

Compartilhe com seus amigos:
Categoria CEILÂNDIA, Denucias, JUSTIÇA, Lava a jato, PERSEGUIÇÃO, Politica.